Tradução: The Promise

 

Nos três anos entre Born to Run e The Darkness on the Edge of Town, Bruce Springsteen gravou quarenta canções.

Destas, apenas dez foram parar no álbum de 1978.

Outras vieram à luz em Tracks, em 18 Tracks e, mais recentemente, em The Promisse, The Lost Sessions of The Darkness on the Edge of Town.

Nelas, o Springsteen de Born to Run já não existia mais.

Acabara a excitação de estar percorrendo a estrada trovejante apenas por paixão à vida. Nelas, o tema é a decepção de perceber que nem sempre a vida cumpre a promessa de que tudo terminará bem.

Desta safra, a tradução de The Promisse – para alguns, a pessimista continuação de Thunder Road.

 

A PROMESSA

Johnny trabalha em uma fábrica e Billy trabalha no centro

Terry está em uma banda de rock and roll,

Em busca daquele som de um milhão de dólares

Eu tenho um emprego em Darlington,

Mas algumas noites eu não vou

Algumas noites eu vou ao drive-in (1)

Algumas noites eu fico em casa.

Segui aquele sonho exatamente como os caras fizeram

O caminho mostrado na tela do cinema

E eu dirigi um Challenger pela auto-estrada 09 (2)

Através dos becos sem saída e de todos os cenários malditos.

E quando a promessa foi quebrada,

Eu me espatifei contra alguns de meus próprios sonhos.

 

Bem, eu mesmo construí aquele Challenger,

Mas precisei de grana e então eu o vendi.

Eu vivia um segredo que deveria guardar para mim mesmo,

Mas uma noite eu me embriaguei e o contei.

Minha vida inteira eu lutei essa batalha

A batalha que nenhum homem pode jamais vencer.

Dia a dia, simplesmente fica mais difícil de viver

Este sonho no qual eu acredito.

 

Estrada Trovejante

Baby, você estava tão certa

Estrada Trovejante

Algo está morrendo na rodovia hoje à noite

 

Uma vez eu me dei bem e cheguei à costa,

Mas de alguma forma paguei um preço alto demais

Dentro de mim eu sentia como se carregasse

Os espíritos aleijados de todos os outros que eu perdi (3)

Quando a promessa é quebrada,

Você permanece vivendo,

Mas é como se ela roubasse alguma coisa do fundo de sua alma

Como quando a verdade é dita e ela não faz a menor diferença

Algo no seu coração se congela.

(4)

 

Estrada Trovejante

Para os amores perdidos e todos os jogos de cartas marcadas

Estrada Trovejante

Para os pneus acelerando sob a chuva

Estrada Trovejante

Lembrem-se o que eu e Billy sempre dissemos

Estrada Trovejante

Nós íamos ter tudo, então jogaríamos tudo fora

(5)

(1)Espécie de cinema no qual as pessoas assistem aos filmes dentro dos próprios carros;
(2)Rodovia que corta a cidade natal de Springsteen;
(3)Nesse trecho, na segunda versão da canção há: “bem, meu pai me ensinou como caminhar silenciosamente / e como fazer as pazes com o passado / e eu aprendi muito bem como me conter / e eu não falo nada a menos que me perguntem”.
(4)Nesse trecho, alternadamente, Springste
en acrescenta outros versos, na versão constante do disco 18 Tracks, há: “Eu segui aquele sonho pelos apartamentos do sudeste / Aqueles becos sem saída e bares vagabundos / E quanto a promessa foi quebrada / Eu estava longe demais de casa / Dormindo no banco traseiro de um carro emprestado”. Já na segunda versão da música, há: “Você pode ver que eu segui aquele sonho, eu e alguns caras / Através dos becos sem saída e de todos os bares vagabundos / Quando a promessa foi quebrada / Eu estava bêbado e longe demais de casa / Dormindo com uma estranha no banco traseiro de um carro emprestado”.
(5)Na segunda versão da música, canta-se: “Estrada Trovejante, e quando isso é lavado pela chuva / Estrada Trovejante, você aprende a caminhar em meio às lembranças / Estrada Trovejante, lembro quando eu e Terry avisamos / Estrada Trovejante, nós íamos ter tudo, então jogaríamos tudo fora”.

The URI to TrackBack this entry is: https://naestradaaopordosol.wordpress.com/2011/03/06/traducao-the-promise/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 comentáriosDeixe um comentário

  1. Sonhar: Sob o céu de Brasília, Johnny Cash, drive-in, fanta laranja, m&ms…

    Nos últimos dias, perdi um vade mecum numa partida medíocre de poker; acabei vendo que a vida não firma nenhum compromisso com os sonhos, com nenhum, nem faz a mínima questão de que os contratempos sejam agradáveis, ela só promove a contenda. Então, sonhar além de piegas é só um fato.

  2. […] humanas. Num dia todas as garantias de que ela seria feliz contigo, no outro só restam às promessas do que um dia aquilo seria, seja lá o que isso […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: