Hey Boy!

Hey Boy! Será que posso sentar aqui. Ótimo!

Garçom deixe de jogar conversar fora com o Rapaz e traga-me algo, mas nada de cerveja,
Hoje a Noite resolveu ser tão fria quanto às palavras que você estava proferindo a esse pobre Garoto,
traga-me algo que esquente a garganta. Outra coisa, diga para aquele cara. Sim! O cara com o violão,
Fale para ele tocar algo mais agradável, as músicas do Bob Dylan têm a capacidade de pintar o Passado no fundo de um copo…
Alias, quanto mais venho a lugares como este minha convicção de que existe algum acordo comercial entre O Bob e Bares deste tipo, fica cada fez mais forte.
Faça o que mandei, vamos! Quero ficar a sós com esse Garoto.

Não filho, não tenho o interesse de falar o meu nome para te, tão pouco saber o teu.
Este é o nosso primeiro e derradeiro encontro, não irá durar mais que o gole dado por mim na bebida que o garçom esta preparando agora.
Então, não vejo motivo algum para exercermos velhas cordialidades sociais. (mais…)

versinhozinhozinho

Menina tu és linda como a Lua
Mas como a Lua nunca vou te alcançar

– Henry Florean

Ao som de Não Vou Te Esquecer – Catedral

Published in: on Agosto 23, 2011 at 11:55 pm  Deixe um Comentário  
Tags: ,

Já faz algum tempo desde a última vez que conversamos.

É tão estranho
 Os bons morrem jovens
 Assim parece ser
 Quando me lembro de você
 Que acabou indo embora
 Cedo demais...

A culpa foi minha, admito. Ando com a cabeça em outro mundo. Talvez não tão longe. Enfiada no meu rabo é mais provável. Preocupado com coisas tão levianas que será melhor não gastar nosso tempo falando sobre. Fico feliz em saber que ainda olha por mim. Nesses tempos difíceis em um mundo cão qualquer ajuda será sempre bem-vinda.

Você lembra dá última vez que nos vimos? Parece até que foi ontem. Era um lindo dia de festa em uma época que não nos preocupávamos muito com a vida e nos divertíamos com pouco. Se fossemos Rock stars, seriamos da pesada. Como sinto falta daquela época. Até te procurei algumas vezes desde então, mas algo sempre dava errado. Dá última vez que fui ao teu encontro não consegui te achar. Talvez culpa da multidão. Culpa da chuva que insistia em cair. Da lama que demorou dias para sair da minha roupa. Porém como pode ver nunca me esqueci de você e isso deve contar pra alguma coisa, certo?

Fico feliz em saber que hoje você está bem melhor. Se me permite, sinto até um pouco de inveja, sabe? Agora você leva uma vida sem preocupações terrenas, num lugar onde não há intriga e traição. O foda é que levará uma vida até que eu possa te encontrar novamente.

Ao som de Love in the Afternoon – Legião Urbana

Saudades, meu amigo.

Published in: on Agosto 19, 2011 at 10:55 am  Comments (6)  
Tags: , , ,

Desejos

“Faça de ti uma casa de sentimentos bons
Onde a má fé de outros nunca faça morada
E a maldade nunca consiga entrar.

Que você se cerque de boas intenções
E se proteja com Amigos de nobres corações
Que os momentos de silêncio sem eles
Te ensinem a ser mais Tolerante,
Tranquila, Paciente e Confiante, sempre.

Preencha teu peito com Luz
Para que seja habitante de um lar sem muros
Para poder deixar o Passado quando quiser
Mas nunca com ele teus planos de felicidade para o Futuro.

Espero que teu sorriso continue
Sendo parte do segredo do Universo
Para que ninguém tenha a capacidade de desmanchá-lo
e com isso você possa ser mais feliz, sempre!”

uma Homenagem.

Published in: on Agosto 9, 2011 at 11:35 pm  Comments (2)  

[TRADUÇÃO] Kurenai – X Japan

Escarlate

Eu não pude olhar para trás
Você teria fugido de mim
Eu senti meu coração doer
Tive medo de te seguir
Quando eu olhei
Para as sombras na parede
Comecei a correr na noite
Para encontrar a verdade em mim

A tempestade nessa cidade te envolve
Você fecha os olhos para o vento que sopra por você

Você começa a correr como se perseguisse algo
Não consegue me ver? Logo quando pensei que ficaria ao seu lado

Você desaparecia em meio a multidão, em um suspiro de memória
Não suportarei mais ser o único ser humano sem amor
Tudo sobre você na minha memória
Ainda brilha no meu coração
E meu coração sentindo sua falta mergulha em lágrimas intermináveis

Eu estou tingido de escarlate e
Já não existe ninguém que possa me confortar

Esse sentimento não vai te alcançar pela segunda vez
Mas eu continuo tentando apelar
Para o amor que já se fechou

Você começa a correr como se perseguisse algo
Não consegue me ver? Logo quando pensei que ficaria ao seu lado

Eu estou tingido de escarlate e
Já não existe ninguém que possa me confortar

Esse sentimento não vai te alcançar pela segunda vez
Mas eu continuo tentando apelar
Para o amor que já se fechou

(x2)

Oh Chorando em vermelho profundo