E tudo se tornou uma crise muito comum.

Hey! Agora você desmorona por só conhecer cafajestes, aquele era o melhor que a tua boca beijou e execrou. Antes costumava conhecê-los com belas conversas e sorrisos cativantes, regados a jogos de sedução, onde no fim ambos eram vitoriosos. Hoje, um vestido somado ao salto é suficiente para trazê-los até ti, então, não entre em dilemas morais com o resultado que tens. Agora, adicione mais pimenta ao Bloody Mary, que todos estão olhando para suas pernas, mas não deram atenção a sua voz, nem desejam tanta intimidade, hoje não à querem por completo. Mas qual a preocupação, afinal, você veio até aqui para conhecer só mais um cafajeste, talvez, o melhor que já teve e, na segunda desmoronará, porque nada é como antes, vai lembrar, lamentação será a única companhia para a sua ressaca. Quando voltar do trabalho interrogações farão sala para você e, a busca por motivos que justifiquem esse vazio que sentes será o responsável por roubar teu sono, porém no próximo final de semana… E tudo se tornou uma crise muito comum.

Degustas  ao som de Arctic Monkeys – Fluorescent Adolescent?

Published in: on Outubro 29, 2012 at 5:52 pm  Deixe um Comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://naestradaaopordosol.wordpress.com/2012/10/29/e-tudo-se-tornou-uma-crise-muito-comum/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: