Aguente

Walk To Light II by ~ZeRDuSHT

eu

vinte e três anos
deitado na cama
teto em branco e desistindo das relações humanas
Blood on the Tracks, Red Label e Marlboro
tentando descobrir quanto poderia aguentar

eu
vinte e cinco anos
acelerando aquele carro
céu estrelado e abandonando tudo estrada afora
Born to Run, Jack Daniel’s e vento no rosto
tentando saber quão longe eu podia ir

eu
vinte e sete anos
sentado na cadeira de casa
cansado demais para pensar e ainda vivo
Songs of Leonard Cohen, vinho e noite solitária
tentando saber com quanta ilusão conseguia viver

eu
vinte e nove anos
paralisado nas linhas desse blog obscuro
sorrindo sobre o que passei
Tom Waits, Heinekens e hotéis demais
tentando adivinhar o que me espera no futuro

eu…

ao som de Hold On – Tom Waits

The URI to TrackBack this entry is: https://naestradaaopordosol.wordpress.com/2013/03/24/aguente/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 comentáriosDeixe um comentário

  1. O melhor. Definitivamente, o melhor texto postado aqui.

  2. “E deixemos de coisa, cuidemos da vida
    Pois se não chega a morte
    Ou coisa parecida
    E nos arrasta moço
    Sem ter visto a vida”

  3. E eu…
    “25 anos de sonhos, de sangue e América do Sul”
    Nas estradas e baladas sob tequilas e vinhos “bãos”.
    Ainda sem destinos e objetivos, com desejos e sem tantas frustrações.
    Analisando alguns fatos [das vidas] como se tudo não passasse de meras cenas com rabiscos do Godard.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: